Share Button
Depois de uma longa briga com o Johnny Rockets, causada pelo uso indevido da marca, a lanchonete Rockets fechou as portas em setembro do ano passado. A batalha judicial demorou 2 anos e meio e a tradicional casa dos Jardins chegou a trabalhar com uma plástico preto cobrindo seu nome. A esquina da Lorena com a Melo Alves foi ocupada pela primeira filial da hamburgueria Meats. Mas uma lembrança do velho Rockets continuará viva na cidade. O famoso letreiro – Hamburgers -Fries – Malts -, que ocupava a parede lateral, foi comprado pela lanchonete Zé do Hamburger e enfeita agora a fachada da casa da Rua Caiubi, em Perdizes, inaugurada em 2008.
ksjakdja

Nova fachada da lanchonete Zé do Hamburguer eterniza símbolo da hamburgueria Rockets (foto: Beatriz Duarte)

“Eu o Zé [José Rodolfo, um dos sócios] frequentávamos o Rockets como clientes, mas não tínhamos nenhum contato com o dono [Carlos Campos]”, explica Bruno Kobayashi, gerente de administração da Zé do Hamburger. “Em setembro do ano passado, ele nos procurou porque também somos uma hamburgueria temática. Fizemos uma reunião e compramos o letreiro, alguns sofás e vários itens de decoração”.

rockets-2

Fachada da lanchonete Rockets, com o letreiro Hambúrguer-Fries-Malts (foto: Rádio SBN)

Alguns sofás vermelhos já foram instalados na varanda da unidade da Rua Itapicuru, também em Perdizes, e outros serão colocados em mais uma ampliação que está sendo feita na Caiubi. Kobayashi não informou quanto foi pago pelo lote.

Carlos Campos continua no ramo. Ele é sócio de Paulo Yoller e Dudu Borger no ponto que foi da Rockets  por quase 20 anos.

Share Button