Share Button

Em 10 anos de experiência com fotografia erótica, Alex Korolkovas já trabalhou para revistas como Sexy, VIP e Trip. No ano passado, ele começou a realizar um workshop com o sugestivo nome de Fotografia para Pervertidos, ensinando seus truques a novatos e curiosos.

alex-1

São quatro dias de curso: um de palestra, dois com a mão na massa e o último com considerações finais. “Os alunos vão fotografar dentro e fora do estúdio”, diz. “Teremos uma locação em Jundiaí, onde usaremos luz natural”. Cada participante (a turma contará, no máximo, com 15 alunos) terá chance de fotografar duas modelos com câmera ou smartphone.

É recomendável que os alunos tenham conhecimento básico de fotografia – não é necessário ser profissional. A primeira aula, que acontece nesta sexta-feira, é aberta ao público. “Quem assistir à palestra e gostar pode se inscrever no ato, caso ainda haja vagas”, explica Korolkovas.

alex-2

Como um fotógrafo amador pode convencer alguém a posar nu para ele?
O iniciante deve tentar conversar com alguma pessoa próxima, como uma amiga ou uma namorada. É preciso inspirar muita confiança para deixar a modelo bem à vontade. Uma coisa essencial é nunca divulgar as imagens sem autorização de quem posou – ninguém quer imagens indesejadas espalhadas pela internet.

Em um ensaio nu, ficar em ambientes abertos não é desconfortável?
Com certeza, mas isso faz parte do profissionalismo de quem posa para as fotos. Já fiz um ensaio durante o inverno em que fotografamos uma modelo na piscina e ela ficou morrendo de frio. Mas pessoas que posam em roupa de banho também passam por isso, já que as fotos são feitas para os catálogos em época de baixas temperaturas.

Nas revistas masculinas, está cada vez mais comum o retoque digital das modelos. Você fala sobre isso curso?
Por mais que a prática seja comum, exigiria um workshop apenas para ela. Por isso, focaremos as aulas na produção das imagens, não na edição. Analisaremos as imagens feitas ao longo dos dois dias de aulas práticas, o que poderia ser melhorado e o que os alunos aprenderam.

O que não pode faltar em uma foto para pervertidos?
Tesão! Não adianta nada ver uma pessoa pelada se aquela imagem não te afetar. E existem várias imagens que tentam ser eróticas, mas no fundo não exalam tesão nenhum. Foto erótica precisa ter erotismo.

Serviço:
Alex Korolkovas
3079-0232

(Com colaboração de Míriam Castro e imagens de Alex Korolkovas/divulgação)

Share Button