Share Button

Luiz Carlos da Silva, 55 anos, tem apelido de estrela. Por causa do cabelo comprido, passou a ser chamado de Xororó aos 18 anos. “Na época, meu irmão também usava cabelo comprido e era conhecido como Chitãozinho”, conta ele, que é proprietário da Sapataria Xororó. O negócio foi inaugurado em 1994, e ganhou esse nome por causa de uma jogada estratégica do dono. Ele já trabalhava em uma sapataria na Alameda Barros, onde era conhecido pelos clientes por seu apelido. “Os fregueses já chegavam dizendo: ‘quero falar com o Xororó'”, conta o sapateiro. Para atrair a clientela de seu antigo trabalho, batizou seu negócio como Sapataria Xororó.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Xororó conta que é fã do cantor que inspirou seu apelido. Já perdeu as contas de quantas vezes assistiu a shows da dupla Chitãozinho e Xororó. Pelo telefone, ele disse que já tinha recebido vários pedidos de entrevista de jornais e emissoras de televisão, mas recusou todos. “Eu não tenho tempo”, explicou, antes de desligar. “Não posso parar de atender os clientes para dar atenção a repórteres”. Mesmo assim, o Blog do Curiocidade arriscou uma visita à sapataria. “Vocês deram sorte porque é véspera de feriado e não tem muito movimento”, disse ele. O sapateiro, que mora no Jardim Santa Fé, zona Sul, trabalha das 7h30 às 18h. À noite, dedica seu tempo para ficar com a família. Casado pela segunda vez, é pai de três filhos. Tem também quatro netos, que o chamam de “vovô Xororó”. Luciano, de 27 anos, é o segundo filho de Xororó e trabalha com o pai. “São muito poucos os clientes que sabem que o nome dele é Luiz”, entrega. “A maioria já chega perguntando pelo Xororó”.

O sapateiro Xororó é baixinho como o cantor. Tem 1,67 m de altura. O peso, no entanto, é diferente. O sósia tem 83 quilos. “Eu dei uma engordada e perdi um pouco da cara de Xororó”, conta ele. Por causa disso,  algumas pessoas têm chamado o sapateiro de Maradona. “Ser chamado de Xororó eu não levo a mal, mas do Maradona eu não gosto”, avisa.

Serviço:
Sapataria Xororó, R. Conselheiro Brotero, 946, Higienópolis, 3661-9443.

(Com colaboração e foto de Karina Trevizan/AE)

Share Button