Share Button

O cheiro de pão quente vai se espalhando pelos corredores do piso Paraíso do Shopping Paulista. É o anúncio que uma das 10 fornadas diárias da Shimura Pães e Doces acaba de sair do forno elétrico alemão que fica bem na entrada da loja. “Temos uma escala de assamento no forno para cada tipo de pão, que são modelados e assados aqui mesmo”, conta Rogério Shimura, dono do negócio. “O shopping nos convidou em 2011, mas a parceria só se concretizou em 2015”. Shimura começou com um quiosque no piso Paulista e o movimento foi grande que, em apenas três meses, mudou-se para um espaço três vezes maior, no andar de cima, ao lado da Livraria Saraiva.

(Foto Divulgação: Renata D'Almeida)

Shimura: outro shopping daqui a dois meses (Foto: Renata D’Almeida/divulgação)

Os shoppings de São Paulo descobriram que incluir as chamadas boulangeries em seu mix de lojas virou um atraente negócio.  Um levantamento do São Paulo para Curiosos somou dez dessas padarias chiques já instaladas em centros comerciais (veja a relação no final da reportagem). Os shopping Paulista, Eldorado, Cidade Jardim, Villa-Lobos, Vila Olímpia, Santana Parque, Iguatemi e JK Iguatemi estão na lista. Destes, o Iguatemi e o Vila Olímpia são os únicos que têm duas casas diferentes.  Dentro de dois meses, o próprio Shimura abrirá uma outra unidade no Shopping Cidade de São Paulo, na Avenida Paulista, enquanto o West Plaza fechou acordo com a St. Etienne, tradicional casa da zona Oeste. “A padaria é a primeira grande loja de conveniência brasileira e colocá-la em conjunto com outros estabelecimentos foi uma grande sacada”, aplaude Tadeu Francisco Masano, professor de Mercadologia na Fundação Getúlio Vargas e presidente da Geografia de Mercado – Estudos Empresariais, que presta assessoria a shoppings de todo o país.

Benjamin, no Shopping Eldorado, nova identidade visual em processo de revitalização

Benjamin, no Shopping Eldorado, nova identidade visual em processo de revitalização

Comprada pelos empresários Jorge Paulo Lemann (Imbev) e Abílio Diniz (ex-Pão de Açúcar), a padaria Benjamin Abrahão escolheu o Eldorado para iniciar um “processo de revitalização”.  A padaria agora se chama apenas Benjamin e ganhou nova identidade visual. Falta ainda acertar os produtos. Eu me decepcionei com os pães da unidade da Padre João Manuel num dos últimos domingos. Encher o negócio de dinheiro não é suficiente. O desafio é transformar um sucesso artesanal também num sucesso em escala industrial. Ou a massa fica embatumada.

Le Pain Quotidien do shopping Cidade Jardim

Le Pain Quotidien, do Cidade Jardim: pães são assados na Vila Madalena

O diminuto espaço é um desafio para as padarias de shoppings. Por essa razão, os produtos costumam chegar já prontos. “Assamos os nossos pães na unidade da Vila Madalena, que é a maior de todas, e levamos até as outras cinco unidades todas as manhãs”, conta Eduardo Godoi, gerente de marketing da Le Pain Quotidien. “Escolhemos o shopping Vila Olímpia pelo público e pela localização”, diz Pedro Nogueira, sócio português da B.lem Portuguese Bakery. “Nossa cozinha central fica na Vila Nova Conceição, bairro vizinho”. No caso dos pasteizinhos de nata, o carro-chefe do lugar, a B.lem leva o produto congelado até o shopping. Lá, eles são recheados e assados.

Uma das caçulas atualmente é a Julice Boulangère do Villa-Lobos, inaugurada em novembro passado. A proprietária Julice Vaz manteve por quase um ano um quiosque no espaço gourmet Food Hall, no Cidade Jardim, fechado quase na mesma época. Num espaço maior, ela aposta também em almoços e em happy-hours para manter os 45 lugares sempre cheios.

Esses são os pastéis de Belém, o carro-chefe da "B.lem"

Pastéis de nata da B.lem: cozinha central fica em bairro vizinho

Na visão dos clientes, apesar de oferecem uma quantidade menor de produtos, as lojas conseguem manter a qualidade do alimento e do atendimento. “Já visitei a PÃO e a Marie-Madeleine, ambas no Iguatemi, que têm espaços pequenos e disputadíssimos”, destaca Renato Bongiorno, dono do blog “Bebo Café”. “É uma facilidade resolver várias questões em um só lugar. Ao sair do cinema, por exemplo, o cliente de um shopping pode comprar uma baguete ali mesmo para jantar em casa”.

O sucesso das padarias em shoppings cria a possibilidade do desaparecimento das lojas de rua? “Para uma padaria vingar, ela deve estar numa área que atinja ao menos 3 mil pessoas”, explica o especialista Tadeu Masano.  “Apesar de o número parecer alto, ainda é um dos comércios mais populares que existe”.  Mas ele adverte que, enquanto a tendência mundial é a revitalização o comércio de rua, São Paulo  caminha no sentido contrário. “Com a rua maltratada pelo poder público, as pessoas se refugiam dentro de um espaço fechado, seguro e embelezado”, conclui.

Veja o levantamento das padarias chiques espalhadas pelos shoppings da cidade:

B.Lem Portuguese Bakery
Shopping Vila Olímpia
Piso Térreo
Tel.: 3047-3690

Benjamin, A padaria
Shopping Eldorado
Piso Térreo
Tel. 3031-3217

Casa Mathilde
Santana Parque Shopping
Piso Térreo
Tel. 2208-2714

Julice Boulangère
Shopping Villa-Lobos
Terceiro piso
Tel. 3021-0233

(Atualizado em 10 de fevereiro de 2017:  a Julice fechou as portas no Villa-Lobos no final de janeiro)

Le Pain Quotidien
Shopping Cidade Jardim
Terceiro piso
Tel. 3758-3597

Shopping Vila Olímpia
Terceiro piso
Tel. 3047-6541/6542

Marie-Madeleine
Shopping Iguatemi
Piso Térreo
Tel. 3031-5951/7153

PÃO – Padaria Artesanal Orgânica
Shopping Iguatemi
Terceiro piso
Tel.3031-5715

Shopping JK Iguatemi
Terceiro piso (Parceria com o Vista Café)
Tel. 3152-6130

Shimura Pães e Doces
Shopping Paulista
Piso Paraíso
Tel. 2219-2907

Share Button