Share Button

Há um mês, o Shopping Villa Lobos espalhou placas pelos três andares de seu estacionamento comunicando aos motoristas que estava autorizada a utilização de duas vagas na hora de parar carro grandes. Procurada pelo São Paulo para Curiosos, a administração do shopping explicou que a medida foi tomada depois de reclamações dos frequentadores, que alegavam não conseguir abrir a porta do veículo quando outro carro estacionava ao lado. O shopping entendeu que a reclamação era justa. Orientadores de tráfego foram contratados e circulam pelos andares explicando aos clientes a nova “regra” do estacionamento.

IMG_1733

Medida vai funcionar até maio de 2015

O  Villa-Lobos afirma que, no início do ano, as faixas foram repintadas por causa da construção do Teatro Villa Lobos. É que a Prefeitura solicitava um número mínimo de vagas para a aprovação do projeto do teatro. No entanto, as vagas ficaram muito pequenas. Entenderam? O shopping diminiu o tamanho das vagas para aumentar o número delas. A Prefeitura ficou satisfeita e agora os carros, que não cabem na vaga, podem ocupar duas. Resultado: o tal aumento do número de vagas fez o número de vagas diminuir. Um novo projeto para a ampliação das vagas está sendo desenvolvido. A previsão é que ele fique pronto em maio de 2015, data da inauguração do teatro. Até lá, os clientes poderão utilizar duas vagas. Na prática, embora não tenham placas, outros shoppings da cidade fazem vistas grossas para carros que param em duas vagas. Nos finais de semana, os carros maiores são obrigados a parar na área de valet.

O projetista Antônio Mier, 53 anos, sócio da M2, empresa de projetos viários de estacionamentos e garagens, explica que o código de obras da prefeitura de São Paulo é ultrapassado. “Existem as vagas pequenas (2,0 m x 4,20 m), as médias (2,10 m x 4,70 m) e as grandes (2,5 m x 5,5 m)”, explica. “Por lei, um estacionamento  de shopping precisa ter 50% de vagas pequenas, 45% de médias e só 5% de grandes. Quem fizer esse mínimo está dentro da lei, mas operacionalmente não funciona”. Mier  esclarece que o código de obras da cidade de São Paulo funciona há 20 anos sem nenhuma revisão. Nesse período, o tamanho médio dos carros cresceu bastante. “A vaga no tamanho grande atende bem 99% dos casos”.

Atualmente, o shopping conta oficialmente com 1490 vagas no estacionamento. A administração garante que os clientes gostaram da ideia, mesmo que esse número de vagas possa cair pela metade, e garante que o local comporta a demanda de frequentadores. “Geralmente, os shoppings trabalham com uma margem de folga”, explica Mier. “É dentro desse espaço que o shopping terá que arrumar uma solução para adequar o número de vagas”.

(Foto: Ricardo Correa)

Share Button