Share Button

O amigo gourmand István Wessel me ligou logo depois que falei sobre a Éclair Moi Paris no programa “É São Paulo que Não Acaba Mais!”, na BandNews FM, de dois ou três sábados atrás. “Já percebeu que a Afonso Braz se transformou num corredor doce?”, Wessel me chamou a atenção. Além da loja especializada em éclairs, começamos a listar outros bons endereços açúcarados que se instalaram nos 900 metros da rua mais movimentada da Vila Nova Conceição. Ali está o metro quadrado comercial mais caro de São Paulo (R$ 11.336, segundo pesquisa da Fipe, de março de 2013). Sem contar ainda outras duas lojas de bolos, quatro restaurantes, duas padarias e cinco lanchonetes.

O telefonema de Wessel rendeu uma nova visita à Afonso Braz. Das lojas de doces, a Amor aos Pedaços é a mais antiga. Funciona há 14 anos. “A rua já é bastante residencial e o bairro cresceu muito”, explica a gerente Elizabete Solange, 57 anos, que desde 2001 trabalha na loja. No total, a Afonso Braz tem 12 prédios residenciais e outros cinco comerciais. Calcula-se que o bairro tenha hoje 83 mil moradores. “Na parte da manhã, vendemos muito café, mas à tarde as sobremesas e os bolos somem da vitrine”, conta a garçonete Simone Santos Reis.

DSC05312

Amor aos Pedaços foi a pioneira há 14 anos

Quem deu uma cara mais sofisticada aos doces da Afonso Braz foi a Marie-Madeleine, que chegou ali em outubro de 2010. “O bairro consegue preservar características gostosas, como praças e feiras de rua, e ainda fica a cinco minutinhos de caminhada do Ibirapuera, o principal parque de São Paulo”, festeja a chef e proprietária Izabel Pereira. Izabel enxerga o aumento da oferta de quitutes de maneira positiva. “Acaba atraindo um público para cá, pois os clientes encontram diversas possibilidades e nenhum dos pontos se sobrepõe ao outro”.

unnamed (1)

A Marie-Madeleine chegou em outubro de 2010 e trouxe um ar mais sofisticado à Afonso Braz

O carro-chefe da Marie Madeleine é o mil-folhas (R$ 17,50), três camadas de massa folhada com recheio pâtissier. A loja tem lugar para 32 pessoas. “Como em quase toda a cidade, o maior problema por aqui é o trânsito”, lamenta Izabel. “A rua chega a travar. Há também problemas de iluminação em alguns pontos”.

Duas docerias são as mais novas inquilinas da Afonso Braz. “O bairro tem muitos portugueses repatriados e é bom ficar perto da comunidade”, comemora a sócia portuguesa Patrícia Amaral, 41 anos. Ela, o português Pedro Nogueira, 40, e os brasileiros João Baroni, 26, e Lorena Botelho, 32, inauguraram a B.Lem Portuguese Bakery, em abril. As comparações com a Casa Mathilde, sucesso no centro da cidade, foram inevitáveis. A oferta da Casa Mathilde é bem maior, mas a B.Lem não perde na qualidade dos doces. “Quando vim para cá encontrei bons restaurantes, mas poucas boas padarias”, explica o chef português Hugo Laurentino. O produto mais vendido é o tradicionalíssimo Pastel de Belém (R$ 4,90). Saem 400 unidades por dia. Provei a releitura do Toucinho do Céu e achei divino.

DSC05303

A sócia portuguesa Patrícia Amaral e o chef Hugo Laurentino: 400 pastéis de Belém por dia

Finalmente, chegamos à Éclair Moi Paris, que foi o responsável pelo telefonema do Wessel. Depois de morar 11 anos em Londres e um em Paris, o analista de moda anglo-brasileiro Edward Davies, 28 anos, e sua irmã Nathalie, 48, inauguram há dois meses a Éclair Moi Paris, loja especializada no doce que chamamos por aqui de “bombas”. “Fizemos uma pesquisa para encontrar a melhor rua para o empreendimento”, conta Edward. “Aqui encontramos o que procurávamos: muita gente passa pela rua e os carros fluem em uma velocidade que os motoristas conseguem perceber a loja”.

unnamed

A baixa velocidade dos carros na rua foi importante na escolha do ponto da Éclair Moi Paris

Dos 15 tipos de éclairs (10 doces e 5 salgados), o mais pedido é o de limão siciliano. A éclair mede 13 centímetros e custa 15 reais. Uma taça de champanhe sai por 25 reais. “O bairro tem uma comunidade europeia muito grande”, comemora Edward. “Queremos abrir dez lojas em dois anos. A matriz teria que ser em um lugar especial. Por isso logo riscamos da lista os Jardins, pois lá a rotatividade das lojas é muito alta. Na Afonso Braz, o estabelecimento cria raiz”.

Serviço:

B.Lem Portuguese Bakery
Rua Afonso Braz, 400
Tel. 2614-3933
Seg. a sáb., 8h/20h; e dom., 8h/18h

Marie-Madeleine
Rua Afonso Braz, 511
Tel. 2387-0019
Ter. a sáb., 8h/19h; dom. e feriados, 8h/16h

Amor aos Pedaços
Rua Afonso Braz, 636
Tel. 3841-9034 / 3841-9623
Seg. a sex., 9h30/21h30; sáb., 9h30/20h20

Éclair Moi Paris
Rua Afonso Braz, 668
Tel. 2639-5899
Ter. a sáb., 10h/19h

Share Button