Share Button

A argentina Ana Maria Massochi já tem dois restaurantes: o Martín Fierro e o La Frontera. Há um mês, inaugurou seu terceiro projeto, o Jacarandá. Mistura de armazém e restaurante, a casa chama atenção por ficar em volta de uma grande árvore de jacarandá, que já estava no local quando o imóvel foi adquirido por ela.

Salão do Jacarandá. Foto: Clayton de Souza/Estadão

Foi o segundo imóvel visitado – o primeiro, outro terreno arborizado, era muito caro. “Quando me deparei com esta área enorme, com um jacarandá centenário, vi que se adaptava perfeitamente ao projeto”, conta Ana Maria. No espaço de 350m² havia uma pequena casa, bem ao lado da árvore. Com a reforma, foram construídos dois ambientes: um armazém, na entrada, e o salão do restaurante, ao redor do jacarandá.

É preciso ter certos cuidados para manter o tronco em meio ao restaurante. “Antes de construir o salão, contratamos um agrônomo para verificar se tudo estava bem com a árvore”, afirma Ana Maria. A planta estava saudável, mas os sócios da casa deram uma ajudinha: adubaram o solo do local. “Também elaboramos um jardim, cultivando alecrim e gardênias”, conta a proprietária.

A poda dos galhos do jacarandá ainda não foi necessária, mas, caso seja, não pode ser feita pelos funcionários do restaurante. “É preciso pedir autorização para a Prefeitura, já que eles são responsáveis pela manutenção das árvores na cidade”, diz Ana Maria. Só não vale escalar a árvore, que fica isolada dos clientes por uma vitrine. Isto permite que o vegetal receba água da chuva sem molhar o salão.

A Figueira Rubaiyat. Foto: Tadeu Brunelli/Div.

Outros restaurantes de São Paulo foram construídos ao redor de árvores. Confira no Blog do Curiocidade mais detalhes sobre eles.

A Figueira Rubaiyat
A frondosa figueira que dá nome ao restaurante é uma das atrações do salão. Em fevereiro, um dos galhos da árvore de 150 anos tombou sobre o muro, mas não atingiu nenhum cliente. Na época, o biólogo responsável pela manutenção disse que o peso da madeira pode acarretar este tipo de problema. R. Haddock Lobo, 1.738, Jd. Paulista, 3087-1399

Jacarandá
R. Alves Guimarães, 153, Pinheiros, 3083-3014 e 3083-3003

Josephine
O bistrô comandado pelos chefes Cícero Gomes e Igor Gonçalves recebe os clientes em mesas sob uma jabuticabeira com  8 metros de altura. R. Jacques Félix, 253, V. Nova Conceição, 3842-5891.

Melograno
Em italiano, ‘melograno’ quer dizer ‘romã’. E é um pé de romã a árvore que fica em meio ao bar. R. Aspicuelta, 436, V. Madalena, 3031-2921

Olea Mozzarella Bar
Olea europaea é o nome científico da oliveira, planta que fica ao centro do pizza-bar. R. Joaquim Antunes, 198, Pinheiros, 3062-1535.

O Pote do Rei
No ambiente externo, o restaurante conta com teto retrátil e uma figueira. R. Joaquim Antunes, 224, Pinheiros, 3068-9888.

Praça São Lourenço
Além das diversas plantas frutíferas do salão e do espelho d’água que fica próximo às mesas, o restaurante tem uma casa na árvore que pode ser visitada pelas crianças. R. Casa do Ator, 608, 3053-9300.

Via Castelli
Datada do início do século XX, a casa onde está o Via Castelli foi por setenta anos o lar da paisagista Renée Lefèvre (1905-1996) . A jaqueira centenária é originária da índia e dá frutos duas vezes por ano. Rua Martinico Prado, 341 – Higienópolis, 3662-2999.

(Com colaboração de Míriam Castro)

Share Button