Share Button

No final de 2009, depois de ser demitida do emprego, a bibliotecária Marcely Rangel, 53 anos, resolveu realizar um antigo desejo. Em sociedade com o marido, Claudio Eduardo da Silva, ela montou o restaurante Canto da Marechal, na zona Norte de São Paulo. “Cozinhar sempre foi uma paixão”, diz ela. “Mas nunca pensei em abandonar os livros”. Depois de dois anos, o casal montou uma biblioteca no local.

1094954_599337703452395_1656366794_n

Os 200 títulos, incluindo ficção brasileira e biografias, ocupam seis pequenas estantes. Os livros podem ser lidos no próprio restaurante ou podem ser levados para casa, sem a obrigação de serem devolvidos.  “Não temos um controle”, explica Marcely. “A ideia é promover a leitura”. O que eles pedem é que o cliente traga um outro título para colocar no lugar.  A chef-bibliotecária conta que, até hoje, apenas dois volumes não foram devolvidos: ”O curioso é que os dois livros foram levados pela mesma cliente. Acho que ela está montando uma biblioteca na casa dela também”, brinca Marcely.

1277775_485514541544264_436148161_o

Marcely e Claudio oferecem 200 títulos em seis estantes no restaurante

Marcely sabe que a biblioteca é um chamariz, mas o que conta mesmo é a comida. Os pratos mais pedidos são a feijoada (R$ 19,00), a paella (R$ 35,00) e o camarão na moranga para duas pessoas (R$ 60,00). A casa tem 40 lugares, divididos em dois andares.

RESTAURANTE CANTO DA MARECHAL
Rua Mal. Hermes da Fonseca, 271, Santana
Tel. (11) 2639-3170
Ter., qua. e dom. 12h às 15h; qui. a sáb. 12h/15h e 19h/22h

Share Button