Share Button

A sangria,  uma mistura refrescante de vinho com frutas, sempre esteve ligada aos restaurantes de culinária espanhola. É que a bebida foi criada na Península Ibérica no século XVII. Agora, em São Paulo,  restaurantes de diferentes nacionalidades passaram a oferecer  a sangria. Apesar de alguns ingredientes se repetirem nas receitas, cada um tem sua peculiaridade no preparo.

Che Bárbaro
O restaurante é especializado em carnes argentinas. “Em meu país, a sangria é tradicional, não podia faltar no cardápio”, justifica o proprietário Martin Esteban Seoane. A diferença, segundo ele, é  o Brasil tem mais variedade de frutas. “Aqui a pessoa ainda come as frutas depois de beber”, comenta. A jarra de um litro sai por R$ 79.

Ingredientes: 1 maçã, meio abacaxi, 12 morangos, 1 kiwi, 1 laranja fatiada, 1 dose de Cointreau, 1 dose de conhaque, 70 ml de Soda, uma garrafa de vinho, gelo e açúcar a gosto.
Preparo: Coloque as frutas picadas em uma jarra e, em seguida, misture bem os líquidos.

S

(Foto: Nilton Fukuda/AE)

Zucco
O restaurante italiano tem a sangria no cardápio desde a inauguração, em 2008. “Hoje já virou uma bebida internacional, deixou de ser espanhola”, comenta o gerente Rafael Martins. A jarra de um litro sai por R$ 60.

Ingredientes: 250 g de frutas picadas em cubos (porções iguais de maçã, pera, laranja, tangerina e morango), 80 ml de conhaque, 20 ml de licor Triple sec, 250 ml de vinho tinto, 250 ml de espumante, 20 g de açúcar, gelo e canela em pau a gosto.
Preparo: Misturar as frutas cortadas com o conhaque, o licor e o açúcar. Por último, acrescentar o vinho. Deixar descansar por meia hora para os aromas se misturarem. Colocar em uma jarra, adicionar o espumante e a canela, e servir.

Zucco_Sangria_2436

Foto: Divulgação

Kebab Salonu
Outro que serve a sangria é o restaurante turco Kebab Salonu. A sangria é feita com vinho chileno. Rodrigo Libbos, chef-proprietário, explica a salada cultural: “Eu batizei a sangria de ‘Al-Andalus’. Era o nome que os árabes davam para o sul da Península Ibérica.  A jarra de um litro sai por R$ 49.

Ingredientes: 30 g de abacaxi em cubos, 20 g de laranja em cubos , 30 g de maçã em cubos, 450 ml de vinho tinto, 15 ml de arak (aguardente de vinho árabe), 300 ml de água com gás, 70 ml de suco de Laranja, 75 ml de suco de abacaxi, 20 ml de suco de limão, 30 ml de mel silvestre, 20 g de açúcar, 7 pedras de gelo. – 20ml
Preparo: Juntar tudo, com exceção das frutas em cubos, e misturar vigorosamente até ficar bem gelado (se necessário, colocar mais gelo). Acrescentar as frutas em cubos por último. Servir em taças de vinho.

H

(Foto: Ernesto Rodrigues/AE)

Adega Santiago
A casa é especializada nas culinárias portuguesa e espanhola. “É um drinque meio batido, antigo, mas sempre vendeu bem. E sai mais no verão”, conta o proprietário Luis Felipe Moraes. A receita da sangria é a mesma desde a inaugração da casa, há seis anos. A jarra com 750 ml sai por R$ 59. “A gente já chegou a fazer algumas mudanças, mas as pessoas sempre iam na mais tradicional”, explica.

Ingredientes: meio litro de vinho tinto (eles usam o português Alandra, 2009), 100 ml de suco de laranja, 1 dose de Cointreau, 1 dose de conhaque, meia lata de soda, meia maçã verde cortada em fatias finas no sentido do comprimento, 4 morangos cortados, 3 cubos médios (de aproximadamente 50g cada) de abacaxi, meio kiwi cortado em rodelas, um quarto de laranja cortada em fatias finas no sentido do comprimento, 8 uvas verdes cortadas em quartos.
Preparo: Misture o vinho, o suco de laranja, a soda, o Cointreau e o conhaque. Acrescente as frutas, misture com o auxílio de um mexedor e complete a jarra com gelo. Misture tudo mais uma vez e sirva gelado em taças grandes, colocando as frutas nos copos.

santiago

(Foto: Divulgação)

(Com colaboração de Karina Trevizan)

Share Button