Share Button

Mais um endereço curioso para a minha coleção. Há dois anos, começou a funcionar no bairro da Casa Verde, na zona Norte, o primeiro outlet de pentes e escovas de cabelo do mundo. A loja fica no piso inferior da fábrica da famosa marca Fidalga. Dos 5.000 m², o outlet ocupa pouco mais de 100 m². Os produtos podem ser encontrados em grandes varejistas, como Carrefour, Pão de Açúcar e Armarinhos Fernandes, mas ali é o único lugar em que o cliente pode conferir os 180 modelos do catálogo.

unnamed

O outlet ocupa 100 m² do prédio da fábrica e oferece 180 tipos diferentes de pentes e escovas

A história da Fidalga, a primeira fabricante de escovas de cabelo do país, começou em 1948. O espanhol Enrique Gandara tinha 22 anos quando deixou a Galícia para buscar uma nova vida em São Paulo. O primeiro emprego por aqui foi como vendedor ambulante de escovas de cabelo na região central da cidade.  As escovas eram importadas dos Estados Unidos. Em 1951, entretanto, o presidente Getúlio Vargas barrou a entrada de produtos importados. Gandara teve que começar a produzir suas próprias. As primeiras foram feitas em 1953 na garagem da casa da família, com a ajuda da mulher, Maria da Inocência, paulistana da Aclimação.

unnamed

O fundador Enrique (de pé, com o cartaz na mão) na primeira fábrica da Fidalga, na Casa Verde

Gandara e Maria tiveram três filhos: Carlos Henrique Frederico Gandara, Rosa Maria Gandara Canosa e Maria Cecilia Gandara Prado. “Enrique morava no Bom Retiro, mas ele conheceu Maria por causa de amigos em comum”, explica o genro Manoel Miguez Canosa, casado com Rosa Maria, e atual administrador do negócio. “Foi amor à primeira vista. No dia 6 de outubro de 1948 eles já estavam casados”.

unnamed53

Maria da Inocência e Enrique: a Fidalga nasceu em 1953 na garagem do casal

Em apenas um ano, a garagem ficou pequena para tantos pedidos. O casal comprou um espaço na Rua Doutor César Castiglioni Jr., na Casa Verde, para instalar a primeira fábrica. Em 1965, a Fidalga mudou-se para a Rua Sampaio Corrêa, no Limão, e importou um maquinário alemão.

A sucessão da Fidalga foi decidida em 1982. A administração ficaria nas mãos de Rosa e Manoel. Naquele mesmo ano, a família foi surpreendida com um incêndio que destruiu totalmente a empresa. “Não sobrou praticamente nada”, lembra Rosa. “Só havia uma saída: recomeçar”. Foram necessários quatro anos para a fábrica voltar à normalidade.

Enrique faleceu em 1989, aos 75 anos. Maria da Inocência morreu em 1995. Em 2004, já nas mãos de Manoel e Rosa, a Fidalga adquiriu a Batil, uma linha de pincéis para barbear direcionada ao público masculino.

SERVIÇO
Rua Sampaio Correa, 235 – Bairro do Limão
Telefone: 3858-4266
De segunda à sexta das 7h às 18h

Share Button