Share Button
SAO PAULO/SP - 01/06/2011 - AEROPORTO / GUARULHOS / PRIVATIZACAO - ECONOMIA/OE - Patio dos avioes no Aerporto de Guarulhos.

Foto: Marcio Fernandes / AE

A cena é cada vez mais comum do aeroporto de Congonhas. O alto-falante anuncia o “reposicionamento da aeronave” e uma centena de pessoas perambula pelos corredores até chegar ao novo portão de embarque. Muitas vezes essa cena acontece mais de uma vez com o mesmo voo.  É um exercício físico e tanto! A pergunta é: quem decide em que portão será feito o embarque e por que isso muda o tempo todo? A Infraero explica que distribui as aeronaves de acordo com os horários estabelecidos pela Anac, e informa que as mudanças ocorridas ao longo do dia são efetuadas por solicitação das próprias empresas aéreas por diversas razões. A saber: remanejamento da malha da companhia aérea; embarque e desembarque de deficientes físicos ou pessoas com mobilidade reduzida; problemas técnicos na aeronave; atrasos nas operações de pousos e decolagens; problemas meteorológicos, entre outros”. Para fazer esse troca-troca de portões, a equipe do Centro de Operações Aeroportuárias conta com 27 funcionários. São eles os responsáveis por avisar a Torre de Controle, que, por sua vez, comunica o piloto.

(Com colaboração de Karina Trevizan)

Share Button