Share Button

Uma nova fase das paleterias mexicanas está para ser iniciada neste domingo, dia 29. Para se diferenciar no meio de tantas lojas que tomaram conta da cidade, os empresários começam a procurar alternativas criativas. A La Buena Paleteria Mexicana traz uma até que bastante óbvia: vender  paletas com o nome de um personagem licenciado. O primeiro é a Paleta Hello Kitty. O sabor será de morango com chocolate branco. Só que a ideia não partiu da paleteria. “Aproveitamos a moda da paleta para sugerir essa parceria”, diz Ponciana Lopes, coordenadora de marketing da Sanrio no Brasil. “A Hello Kitty traz um diferencial para a paleta e acaba sendo um produto que  crianças e adultos gostam”.

paleta_hello_kitty

A Sanrio teve uma grande preocupação com o desenvolvimento da embalagem. “Nossa equipe de design trabalhou muito para criar uma embalagem personalizada, que tivesse a exposição da marca e as cores do México”, conta Ponciana. Outra preocupação foi quanto a cor do sorvete. A empresa MEC3 é a responsável por trazer a matéria-prima importada com o nome Hello Kitty –  a La Buena apenas adaptou o sorvete em forma de gelato italiano para o formato da paleta. “Tivemos que elaborar o picolé num rosa bem clarinho, que representasse a delicadeza da personagem”, explica Luiz Fernando Bazeggio, proprietário da La Buena.

No primeiro lote, serão fabricadas 6.000 paletas da Hello Kitty, distribuídas pelos 12 pontos da paleteria. Mil delas terão como destino o Santana Parque Shopping, onde acontecerá neste domingo o lançamento do sorvete. Nesse evento estarão presentes as atriz mirins Maísa Silva, da novela Carrossel, e Carolina Chamberlain, de  Chiquititas, além da personagem da Hello Kitty. Para contemplar o universo dos meninos, o plano da La Buena é fazer agora uma paleta do Badtz-Maru, o pinguim da turma da Hello Kitty.

Desde o começo do ano passado, a Sanrio mudou a sua estratégia de negócio. As 30 lojas espalhadas da marca foram fechadas. A empresa passou a focar apenas em licenciamentos. “O café da Hello Kitty, que funcionava no Shopping Bourbon, em São Paulo, não fechou porque não estava dando certo”, explica Ponciana. “Ele fechou porque estamos investindo em um novo método de negócio”. Atualmente existem 7 lojas licenciadas da Hello Kitty no sul do Brasil e, por enquanto, não há interessados em abrir novamente  em São Paulo.

Share Button