Share Button

Neymar completou ontem 50 dias de vida. Não o atacante do Santos, mas Neymar Arantes do Nascimento Zanquetta, bebê nascido em 15 de março passado na cidade de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. Ele é filho do empresário brasileiro José Carlos Zanquetta, torcedor do Santos, que homenageou, ao mesmo tempo, Neymar e Pelé.

neymarbebe1

José Carlos, nascido em São Caetano do Sul, mora na Bolívia há 16 anos. Lá, é casado com Alexsandra do Carmo Nascimento, que não é santista – como é nascida no Acre, torce para o Rio Branco Futebol Clube. “Mas ela já aprendeu a gostar do Santos”, afirma Zanquetta. A família foi resistente à escolha do nome para o recém-nascido. “Minha mãe achou um absurdo”, diz. “Meus sobrinhos, que são corintianos, falaram que eu ia estragar a vida de meu filho”.

Neymar tem dois irmãos do primeiro casamento do pai: Vanessa, de 23 anos, e Alexandre, de 14. Os dois são corintianos e não gostaram nada da ideia de batizar o novo membro da família com o nome do craque do time rival. “Mas vão ter que aprender a conviver com um Neymar em casa”, brinca Zanquetta.

O pai conta que sempre foi fã de Pelé, mas não batizaria um filho de Edson Arantes do Nascimento. “Acho que seria muita pretensão dar este nome a uma criança”, conta Zanquetta. “Mas o Neymar está despontando como o melhor jogador da atualidade, então também merecia uma homenagem”. O torcedor aproveitou o “Nascimento” do sobrenome da mulher e realizou a loucura.

Na Bolívia, a tradição é utilizar o sobrenome materno por último. Se fosse registrado em Santa Cruz de la Sierra, o bebê seria chamado Neymar Arantes Zanquetta do Nascimento. “Por isso, procurei o consulado brasileiro na Bolívia”, diz o pai. “Quando fui registrar o nome, a pessoa que me atendeu perguntou se eu tinha certeza do que estava fazendo”. Como tinha certeza, a criança foi registrada em 30 de março.

neymarbebe2

Agora, a maior meta de José Carlos é fazer com que seu filho tire uma foto ao lado do Neymar jogador. “Daqui a uns 15 anos, o meu Neymar vai estar jogando bola inspirado no craque dos dias de hoje”, prevê. Em junho, quando estiver um pouco maior, o pequeno Neymar vai visitar a avó em São Caetano – e, é claro, aproveitar para assistir a seu primeiro jogo do Santos.

(Com colaboração de Míriam Castro e imagens de acervo pessoal)

Share Button