Share Button

O imóvel onde funcionou a famosa Santa Pizza, na Rua Harmonia, na Vila Madalena, está com uma placa de “aluga-se” na porta há oito meses. A Santa Pizza foi criada em 2000 por Mauricio Laranjeira, proprietário do Santa Gula, restaurante que há 15 anos ocupa o mesmo endereço na Rua Fidalga, na Vila Madalena. Teve uma filial em Moema, que foi rebatizada como Forneria do Santa um mês depois da venda da unidade Vila Madalena (e da marca Santa Pizza), em 2009. “Não tínhamos colocado o restaurante à venda, pois estava indo bem”, afirma Laranjeira. “Mas achamos a oferta atraente e preferimos investir no Santa Gula, que é nosso carro-chefe.”

Os compradores foram Breno Zilber e Odival Belmonte. Eles se conheceram em um curso de gastronomia, ficaram amigos e decidiram virar sócios.

Antigo salão da Santa Pizza. Foto: Leonardo Soares/Estadão

Zilber, que trabalhava no mercado financeiro, tinha planos de morar no Canadá. Atrasou em um ano a viagem para tocar a pizzaria. “Eles fizeram mudanças no cardápio e na massa”, conta Laranjeira. O investimento foi grande, com reformas de ampliação na cozinha. “Não esperava que fossem fechar.”

Já no Canadá, Zilber administrava remotamente a sociedade com Belmonte. A Santa Pizza ocupava dois imóveis vizinhos. O proprietário de um deles decidiu aumentar o valor do aluguel em uma proporção que não agradou a nenhum dos sócios. “O aumento foi muito grande e eles optaram por desistir do negócio”, conta Laranjeira. A Forneria do Santa ainda funciona, mas não pertence mais ao grupo Santa Gula – foi vendido há um ano e meio para outros proprietários.

(Com colaboração de Míriam Castro)

Share Button