Share Button

A inauguração do Shopping Bourbon, em 2008, foi a sentença de morte do Shopping Pompeia Nobre, que atuava na região desde os anos 80. Com menos de 100 metros de distância do megaempreendimento, a galeria estava às moscas no final do ano passado, quando os lojistas decidiram encerrar as atividades. Agora, o imóvel vai a  leilão. O martelo será batido na próxima sexta-feira (30).

pompeia1

Daniel Sobreira, responsável pelo leilão, conta que a decisão foi tomada em uma reunião entre os lojistas. “Como o espaço pertencia a diversos grupos, havia muitas divergências quanto à maneira de administrar o local”, conta. A Lance Total, empresa de Sobreira, tinha um escritório no shopping, por isso foi escolhida pelo conselho do prédio para encaminhar a venda.

A área útil é imensa: 7.114,49 m². Além do espaço dedicado às 60 lojas, o imóvel vem com 160 vagas de estacionamento, cinema e teatro. O Cine Arte Lilian Lemertz, com 85 lugares, funcionou ali de março de 2000 a maio de 2010. O espaço era administrado pelo diretor teatral Tanah Corrêa, junto com o filho, o ator Alexandre Borges, e a nora, a atriz Julia Lemmertz. Ao lado do cinema, funcionou também o Teatro Plínio Marcos. O lance inicial é de R$ 3 mil por metro quadrado. Ou seja: para adquirir o espaço, o comprador teria que desembolsar pouco mais de R$ 21 milhões. Por enquanto, ninguém fez lances.

pompeia2

Isso não quer dizer que não existam interessados: Sobreira conta que o imóvel já foi visitado por seis empresas. Uma delas, do ramo de produtos para animais de estimação, chegou até a elaborar uma proposta. No entanto, o montante era inferior ao lance mínimo. “Vamos esperar o resultado do leilão para considerar essa possibilidade”, conta o profissional. “Caso não tenhamos propostas melhores, podemos pensar nesta oferta.” As outras empresas que procuraram a Lance Total eram de áreas variadas, mas a maior parte é constituída por lojas de varejo e atacado.

De acordo com Sobreira, um dos possíveis compradores apresentou a hipótese de transformar o Shopping Pompeia Nobre em uma espécie de Stand Center da Barra Funda – referindo-se ao comércio de eletrônicos e outros produtos importados na Avenida Paulista. Para o leiloeiro, o futuro do Pompeia Nobre não é continuar como shopping, mas transformar-se em outro tipo de comércio. “Ao lado, já existem shopping e supermercado”, afirma. “Mas a concentração de pessoas aqui é muito grande, é possível obter sucesso com inovação.”

(Com colaboração de Míriam Castro)

 

Share Button