Share Button

Ana Paula Iglesias, dona da lavanderia GreenEarth Cleaning, tinha uma parede lateral toda pichada. Procurou o badalado Eduardo Kobra e lhe ofereceu o espaço. Ela disse que o artista poderia pintar o que bem entendesse. Kobra avisou que não cobraria nada pelo serviço e pintaria algo relacionado a golfinhos. Só que Ana Paula não imaginou que o desenho seria de um mergulhador matando um parente do Flipper. “Ela tomou um susto”, diz Kobra. Passado o choque, Ana Paula até achou que o trabalho combinou com a lavanderia, que tem a proposta de ser sustentável. “Usamos solvente ecológico, por exemplo”, afirma ela. “O tema da pintura tem relação com isso, está tudo ligado ao ecossistema”.

golfinho1

A pintura faz parte do Projeto GreenPincel – Kobra faz painéis com mensagens ecológicas. A da lavanderia é uma campanha contra a temporada de caça a golfinhos e baleias que se iniciou em setembro no Japão. O artista conheceu a causa por meio de um grupo de amigos do “Sea Shepherd Brazil – Guardiões do Mar”, uma ONG de proteção a ambiente e animais marinhos. A organização faz parte da Sea Shepherd Conservation Society, fundada em 1981 nos Estados Unidos. Chegou ao Brasil em 1999.

Kobra começou seu trabalho com grafite em 1987, na periferia da cidade. Criou o Studio Kobra em 1990, mas foi em 2004, navegando na internet, que descobriu a técnica que o tornaria famoso. Inspirado na pintura 3D, passou a fazer murais com efeito lúdico. Hoje, há cerca de 50 murais de sua autoria em São Paulo. O artista iniciou o projeto GreenPincel este ano. O trabalho inaugural foi o painel Caça às Baleias, na Rua na Domingos de Morais (em frente à estação do metrô Vila Mariana). No total, são oito pinturas, com temas como aquecimento global (Vila Madalena) e desmatamento da Amazônia (Av. Rebouças).

Serviço:
GreenEarth Cleaning, R. Cayowaá, 802, 3864-0903.

(Com colaboração de Karina Trevizan)

Share Button