Share Button

Amanhã, 21 de junho, começa o inverno no hemisfério sul, e os paulistanos se preparam para encarar as baixas temperaturas prometidas para os próximos meses. A estação mais fria é pretexto para deixar de lado a cerveja gelada e as saladas frias e aproveitar para se esbaldar com os fondues, os vinhos e os chocolates. Chocolate e vinho, por sinal, podem formar uma bela dupla. A publicitária Mariana Triveloni, 28 anos, idealizadora da Chianti Chocommelier, garante: “Há o vinho perfeito para cada tipo de chocolate”.

21

A loja do bairro de Pinheiros oferece combinações de vinhos europeus e sul-americanos com chocolates belgas artesanais, da marca Barry Callebaut. A ideia surgiu depois de uma temporada de Mariana na Austrália, em 2011. Lá, a chocólatra assumida descobriu o prazer de degustar chocolates gourmet. “O vinho veio em segundo plano, como estratégia para a loja se diferenciar”. Com a ajuda de um sommelier, ela estudou a harmonização de vinhos e chocolates e acabou descobrindo uma brecha no mercado. Registrou o termo “chocommelier” e abriu a Chianti em 25 de janeiro deste ano.

25

O cliente da Chianti pode se sentir à vontade para combinar chocolates de diversos formatos e sabores com bebidas. “O segredo é evitar a acidez”, revela a especialista. “Se for escolher um champanhe, por exemplo, prefira o rosé, que é mais doce”. Para quem não quer correr riscos, a loja oferece duplas certeiras. Uma caixa com 14 bombons acompanhados por uma garrafa de vinho selecionado pela casa sai por R$ 98 (vinho tipo Moscatel) ou R$ 140 (vinho do Porto). Especialmente para o inverno, a Chianti preparou a coleção Amarot, que combina bombons de amêndoas com drinques de licor Amaretto ou o vinho grego Mavrodaphne. “O sabor forte das castanhas dá uma sensação de aconchego”, justifica Mariana.

Chianti Chocommelier
Rua Mateus Grou, 40, Pinheiros
Tel. 2338-4000
De segunda a sexta, das 10h às 20h30; sábado, das 12h às 21h; domingo, das 13h às 20h
http://www.chiantichocommelier.com.br/

Share Button