Share Button

No próximo dia 24 de março, o tradicional restaurante paulistano Ponto Chic completa 90 anos. Para comemorar a data, será lançado o livro Ponto Chic – Um bar na história de São Paulo. Escrito pelo jornalista Angelo Iacocca, italiano radicado no Brasil, o volume é um apanhado histórico da lanchonete responsável pela criação do sanduíche Bauru.

2

As 242 páginas do livro, publicado pela Editora Senac, contam como foi a fundação do Ponto Chic duas semanas depois da Semana de Arte Moderna de 1922, evento que revolucionou a arte brasileira. O italiano Odílio Cecchini escolheu como endereço o Largo do Paissandu, ponto de efervescência cultural da cidade. Como resultado, o recém-inaugurado estabelecimento passou a ser local de encontro de boêmios e intelectuais da época.

Um deles era Casimiro Pinto Neto (1914-1983), apelidado de Bauru – nome de sua cidade natal, a 326 km de São Paulo. Estudante da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, ele foi o primeiro a pedir, em 1936, o sanduíche que tornaria o Ponto Chic famoso: pão francês sem miolo, queijos derretidos, rosbife e tomate. A combinação fez tanto sucesso que os colegas passaram a pedir um prato “igual ao do Bauru”. Servida até hoje no restaurante, a receita do Bauru (R$ 17,90) sofreu uma modificação: na década de 1950, foi acrescentado pepino.

Embora tenha se formado em Direito, Casimiro trabalhou como repórter e apresentador de TV.

Até hoje, para atender telefonemas, os funcionários do restaurante dizem “Ponto Chic, o famoso Bauru”. A casa oferece hambúrgueres, carnes e até massas, mas o sanduíche criado por Casimiro Pinto Neto ainda é o campeão. Por isso, durante a semana de aniversário, a casa promete servir o sanduíche com um desconto especial, que ainda não foi definido.

Confira outros endereços saborosos de São Paulo que já se transformaram em livros também.

Serviço:

Lançamento do livro Ponto Chic – Um bar na história de São Paulo
Dia 24/3 às 17h
Ponto Chic  – Perdizes
Largo Pe. Péricles, 139, Perdizes, 3826-0500

(Com colaboração de Míriam Castro)

Share Button