Share Button

Uma nova passarela passou a fazer parte da paisagem do bairro do Paraíso. Ela fica a 8 metros de altura da calçada, tem 34 metros de comprimento e liga o Hospital do Coração (HCor) a um novo prédio que está sendo construído do outro lado da Rua Desembargador Eliseu Guilherme. A nova unidade do hospital, de 15 andares, está em construção desde 2009 e tem previsão de ser entregue em março deste ano. A passarela terá dois níveis. Foram necessários guindastes de 60 metros de altura para transportar e montar as 100 toneladas da estrutura que compõe a passagem elevada. “O trabalho foi feito em finais de semana e finalizado no início do ano justamente para não atrapalhar o trânsito da região”, conta Jorge Bacha, engenheiro e superintendente de operações do hospital.

No novo prédio, o HCor terá salas híbridas, que podem ser utilizadas para diferentes funções como cirurgias e exames de cardio e neurologia. Além da passarela, foi construído também um túnel para ligar os subsolos dos dois edifícios. “Ele será mais utilizado para serviços como manutenção e limpeza”, conta Bacha. Esta é mais uma etapa de ampliação do hospital que foi construído há 36 anos e é mantido pela Associação do Sanatório Sírio, criada por senhoras da comunidade árabe de São Paulo em 1918 para ajudar crianças órfãs da Primeira Guerra Mundial.

Imagem ilustrativa de como ficará a passarela no final da obra (Divulgação)

O HCor, no entanto, não é o primeiro hospital da cidade a se valer de uma passarela para unir seus prédios. Já existe uma passarela entre o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), na Avenida Doutor Arnaldo, e o Hospital das Clínicas, na Avenida Doutor Enéas de Carvalho Aguiar. Inaugurada em 25 de março de 2010, a via liga o térreo do Icesp ao sexto andar do HC e é usada por médicos que atuam nos dois estabelecimentos, alunos da Faculdade de Medicina da USP, e colaboradores que transportam materiais de laboratórios e pacientes internados em enfermaria e UTI. Os pacientes cadastrados nas duas instituições só podem circular quando acompanhados por funcionários.

(Com colaboração de Juliana Tamdjian e Míriam Castro/Foto de Rodrigo Duarte)

Share Button