Share Button

As sorveterias paulistanas estão apostando numa novidade para enfrentar o inverno. O blog São Paulo para Curiosos listou quatro casas que passaram a vender “sanduíches de sorvetes” – e uma que só oferece os seus só quando chega o verão:

Dolci Magie

Em 2011, a crise pegou em cheio o contador italiano Andrea Beccaria, 49 anos. Ele deixou Roma com a mulher. Frederica Priore, 39 e seu primo, Giuseppe Valenti, 55, e mudou-se para São Paulo. Mas foi só em 28 de fevereiro deste ano que Andrea e os agora sócios Lorenzo Peduzzi, 50 anos,- também italiano e amigo de Andrea, casado com uma Brasileira e que já mora em São Paulo há 5 anos – e Giuseppe inauguraram a sorveteria Dolci Magie, no Itaim-Bibi.  Andrea, que já havia largado o trabalho de contador e partido para a confeitaria ainda na capital Italiana, ficou encarregado de fazer os gelatos. Mês passado, ele decidiu resgatar uma sobremesa de sua infância, o sanduíche de sorvete. O doce é feito com sorvete de creme de baunilha e uma camada de wafer crocante, metade coberto com calda de chocolate belga. “É uma sobremesa muita querida pelas crianças italianas”, diz. “Está na minha memória, pois foi na infância que me apaixonei pela culinária, vendo minha mãe, Maria Paula, cozinhar”.

A baunilha, usada para fazer o gelato, vem do Rio de Janeiro. Foi lá que Andrea achou o produto de melhor qualidade

Dolci Magie: o sanduíche de sorvete é uma sobremesa muito apreciada pelas crianças italianas

O teste funcionou muito bem. A Dolci Magie vendeu 30 sanduíches de sorvete já no primeiro dia. Por enquanto, há um único sabor. “Vamos lançar outros logo”, promete. O sanduíche pesa 90g e custa R$7,00.

Duetto

Inaugurada em agosto do ano passado, em Perdizes, a sorveteria Duetto começou a vender tortas e brownies muito gostosos para enfrentar om inverno. Todas as criações tipicamente italianas são da chef e proprietária Manila Degiovanni, 41 anos. Ela e o marido, Claudio Tognoli, 52 anos, vieram de Bérgamo para o Brasil também por causa da crise, mas já com a intenção de abrir a loja de gelatos. Os ingredientes utilizados na fabricação dos sorvetes – leite, açúcar, frutas da época – são todos do Brasil, mas os equipamentos e máquinas vêm diretamente da fábrica italiana Mec. “Fazer um sorvete de qualidade não depende apenas dos ingredientes e da receita”, ensina Claudio. “As máquinas também contam”. Da fábrica Mec veio também a inspiração para a mais nova sobremesa da casa: o sanduíche de sorvete. “Além de trazer as máquinas, a fábrica importa também as tendências”, conta Gisleine Rosa, 32 anos, que trabalha na produção dos sorvetes da Duetto há 3 meses. O sorvete de cookies é abraçado por duas bolachas italianas. “Elas são importadas porque não encontramos ainda uma bolacha com qualidade similar por aqui”.

Duetto

Na Duetto, o sorvete é abraçado por duas bolachas importadas da Itália

Na noite de estreia foram vendidas cerca de 120 unidades. Hoje, um mês depois, a loja produz diariamente 30 sanduíches, que saem por R$13,00 e pesam 120 gramas. Em meados de agosto, nas comemorações de seu primeiro aniversário, a Duetto irá inaugurar uma filial na região da Vila Olímpia.

Cookie’n Ice

Em 2011,  Giovanni Georgetti, 27 anos, e Ricardo Campagnoli, 28, amigos desde a adolescência, viajavam pela ensolarada Califórnia quando experimentaram a bola da vez das sobremesas americanas. Na primeira mordida, a dupla teve um estalo. O sanduíche de sorvete, vendido a rodo nos Estados Unidos, ainda era praticamente desconhecido no Brasil. Com sangue empreendedor, Giovanni, Ricardo e Aimara Morimoto, 27 anos,  amiga de Giovanni desde 2004, fundaram em abril do ano passado a Cookie’n Ice.

Os sorvetes da Cookie'n Ice são comprados da empresa paulista Sorvete Rochinha

Os clientes da Cookie’n Ice tem liberdade para fazer a combinação que quiserem (Foto: Instagram/Cookie’n Ice)

São 12 sabores de sorvete e 11 tipos de cookies. “Nosso diferencial é a liberdade de escolha que o cliente tem”, diz Giovanni. “Ele pode mesclar sabores, tamanhos, tipo de cookie, colocar mais de uma bola de sorvete…”. Os cookies triple (com 3 chocolates) e tradicional são os mais pedidos. Já nos sorvetes, que são da marca Rochinha, doce de leite e flocos são os queridinhos. Há também a versão vegan do biscoito. O tamanho do cookie varia entre “Mid” (R$9,50) e “Vast” (R$12,90). Ainda é possível enriquecer o sanduíche com toppings, como leite condensado, Negresco, chocolate, farofinha doce e M&M (R$1,50 cada).  Num final de semana, a sorveteria vende de 100 a 150 desses sanduíches. A Cookie’n Ice, que começou em Moema, está de casa nova. Mudou-se para a Alameda Campinas, nos Jardins. Aimara não faz mais parte da sociedade.  “Já estamos com tudo encaminhado para abrir franquias”, revela Giovanni. “No próximo mês, iremos inaugurar um food-truck para espalhar o nosso conceito pela cidade”.

Convívio

“O nome aqui não é ‘sanduíche'”, repreende Marc Marc Dollinger, 41 anos, que cuida da unidade da Convívio Il Gelatto do Alto de Pinheiros. São duas unidades atualmente. A terceira loja, que ficava escondida na saída dos cinemas no Shopping Villa-Lobos, fechou as portas no final de abril por falta de clientes. Na Convívio, o cliente deve pedir a iguaria pelo nome “Il biscotto“.  A bolacha vem da Itália também. “Ela é uma bolacha especial, que absorve menos umidade do sorvete, mantendo a crocância”, explica a proprietária, a italiana Monica Fasano.

Durante o verão, a Convivio chega a produzir 50 unidades do biscotto diariamente

Não ouse chamar ‘Il Biscotto’ de sanduíche de sorvete. A bolacha especial, que absorve menos umidade do sorvete, mantém a crocância da sobremesa

Sim, esta é mais uma história de italianos que vieram tentar a vida no Brasil vendendo sorvete. Em 2012, o casal Lorenzo, 55 anos, e Mônica Fasano, 53 anos, vieram com os dois filhos para o Brasil. Em novembro daquele ano, a família resolveu colocar em prática as receitas trazidas de Bolonha e abriu uma gelateria no Alto de Pinheiros. “Nossos sorvetes são todos artesanais, não usamos nada congelado, as frutas são frescas”, explica Mônica.

Il Biscotto pesa 200 gramas e é vendido por R$ 12,00. Os recheios são de baunilha, leite ou chocolate. “Criamos uma versão menor que inicialmente acompanhava o café”, afirma Monica. “Hoje ele também é vendido separadamente”. Cada “mini biscotto” custa R$ 3,00.

Folie

A combinação de sorvete e macarons da Folie segue na contramão das outras casas. A sobremesa só é servida entre outubro e fevereiro, meses mais quentes. “Como fazemos os produtos todos os dias, precisamos de uma grande demanda dos sanduíchinhos e isso acontece no verão”, diz Carolina Carnicelli, 38 anos, sócia de Renata Fernandes, 39, na doceria que já está instalada em Pinheiros há sete anos. No verão de 2014, a loja vendeu cerca de 40 unidades por dia. Cada uma custava R$12,00.

“Renata e eu sempre procuramos novidades durante as viagens que fazemos”, conta Carolina. “Em uma delas, na França, conhecemos o macaron com o sorvete, muito apreciado por lá. Como aqui nunca vimos ninguém fazer algo parecido, resolvemos trazer a novidade na hora. A Folie tem um leque grande de doces, como chocolates, macarons, cookies, sorvetes, pães-de-mel, bolos e tortas.

10641011_960255683988175_1557125567031320688_n

A inspiração do macaron com sorvete da Folie nasceu numa viagem das sócias à França

O segredo da receita está no sorvete utilizado para fazer o sanduíche. “Ele precisa ser mais denso”, explica Carolina. “Se for muito cremoso, o macaron se desmancharia”. O macaron é feito com 100% de farinha de amêndoas. Entre as opções de sorvete produzidos diariamente estão framboesa, chocolate 70% cacau, pistache, limão siciliano com lavanda, caramelo com flor de sal e chocolate branco com jasmim. Para o verão deste ano, as sócias ainda estão elaborando novidades. “Temos uma viagem marcada para o México na semana que vem e estamos esperando encontrar novas inspirações por lá”, avisa Carolina.

Serviço:

Dolci Magie
R. João Cachoeira, 289 – Itaim Bibi
4371-6244
Terça a domingo, 11h/22h

Duetto
Rua Desembargador do Vale, 179 – Perdizes
3871-9026
Terça a domingo, 12h/21h

Cookie’n Ice
Al. Campinas, 1066 – Jardim Paulista
2769-4157
Segunda à sexta, 12h/20h; sábado, 12h/22h; domingos e feriados, 14h/20h

Folie
Rua Cristiano Viana, 295 – Pinheiros
3101-0193
Terça a sexta, 10h/19h; sábado, 12h/19h

Convívio
Avenida Diógenes Ribeiro de Lima, 2100 – Alto de Pinheiros
2693-4003
Terça a quinta, 12h/20h; sexta, sábado e domingo, 12h/21h

Share Button