Share Button

Vida de vestibulando é repleta de estresse. Mas os adolescentes que fizeram a prova da Faculdade Cásper Líbero, no domingo (9), tomaram um susto. A faculdade de comunicação publicou, na noite de ontem, o gabarito errado: as alternativas indicadas não correspondiam às respostas corretas de quatro das 50 questões da prova.

As questões com gabarito errado foram 47, 48, 49 e 50 – a maioria fazia parte da prova de inglês. Nas redes sociais, os vestibulandos questionaram os resultados, como nesta mensagem, publicada no Twitter: “De acordo com o gabarito da Cásper eu tinha zerado em inglês. E agora na resolução comentada dizem que tava errado. É pra me matar né?”.

Com 3.072 inscritos, o vestibular da Cásper é conhecido por apresentar questões da área de Humanas, focadas em atualidades e compreensão de texto. Além de cinco perguntas matemáticas, não é cobrado conhecimento em Exatas, já que todos os cursos são de comunicação: Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas e Rádio e TV. O curso mais concorrido, Jornalismo – Período Diurno, teve 10,64 candidatos por vaga em 2012.

O cursinho pré-vestibular Inteligente Vestibulares, especializado na prova da Cásper Líbero, elaborou uma resolução comentada da prova. Na correção, são destacadas as respostas erradas divulgadas pela faculdade. O penúltimo teste da prova, por exemplo, tinha como resposta certa a alternativa D, mas o gabarito oficial apontava como correta a resposta E. De acordo com a correção do cursinho, a resposta não poderia ser correta por afirmar que o equilíbrio de classes é obvio na obra do autor Machado de Assis. “Na verdade, o autor aponta justamente a discrepância social”, afirma o documento.

O gabarito com quatro questões erradas… (Foto: Reprodução)

Uma das questões, a 28, foi anulada antes mesmo de o gabarito oficial ser liberado. Mas outra pergunta tinha duas respostas possíveis, de acordo com a resolução do cursinho: a última resposta da prova, a 50, poderia ser B ou D. Nenhuma das duas apareceu no gabarito oficial, que indicava a a alternativa E como correta.

… e a versão corrigida, publicada horas depois. (Foto: Reprodução)

Procurada pelo Blog do Curiocidade, a Faculdade Cásper Líbero limitou-se a admitir o erro do gabarito – o motivo teria sido “uma falha mecânica”. Na noite de domingo, a faculdade já tinha sido disponibilizada uma nova versão do gabarito, corrigida, em seu site. De acordo com a Fundação, essa versão será a utilizada como critério de avaliação das provas. Sobre as demais, a comissão de vestibulares da Faculdade Casper Líbero afirma, em nota enviada ao blog,  que os professores do Inteligente Vestibulares cometem erros crassos em suas análises.  Diz o seguinte:  “O gabarito da questão nº 6 é aquele publicado pela Faculdade Cásper Líbero e não pelo Inteligente Vestibulares, que comete um erro crasso ao afirmar no comentário da questão que Almeida Garrett não escreveu romances humorísticos – contrariando um especialista no assunto, o professor português Abel Barros Baptista, em cuja obra crítica a questão foi baseada. Vale notar que o comentário que o Inteligente Vestibulares fez da questão n. 17 também é improcedente, desconhecendo o que afirma um autor como Boris Fausto. Idem para a questão nº 30, cujo comentário ignora a análise de Leonardo Affonso”. A Inteligente Vestibulares não quis responder aos comentários da faculdade.

 

(Com colaboração de Míriam Castro)

Share Button