Share Button

Por dois verões consecutivos, a Kibon abriu lojas temporárias para divulgar a linha de sorvetes Magnum. A Magnum Store permitia que os fregueses customizassem o sorvete com caldas e confeitos. Este ano, para não repetir a mesma fórmula, a Kibon apresentou a primeira loja temporária da Fruttare no mundo. Ela funcionará apenas até o mês de abril.

kibon-loja-fruttare-sao-paulo-sp_tcm95-406864

Localizada numa esquina da Vila Madalena, no endereço da antiga sanduicheria Marcelo Pan Y Vino, a Fruttare oferece uma releitura da granita, uma típica sobremesa da região da Silícia, na Itália, preparada com açúcar, gelo e fruta – bem parecida com a nossa raspadinha.

Fui experimentar a granita da Fruttare na hora do almoço. A fila estava relativamente pequena. Apenas três pessoas na minha frente. Mesmo assim, esperei 17 minutos até ser atendido – mais até do que o tempo que gastei para tomar a sobremesa inteira. A operação é um tanto complexa. O cliente deve escolher um dos seis picolés da marca (limão, coco, uva, abacaxi, mousse de maracujá ou mousse de morango), um sorbet (limão, coco, maracujá ou frutas vermelhas) e duas das sete frutas disponíveis  (morango, manga, abacaxi, carambola, melão, kiwi e uva, podendo ter alteração dependendo do dia).

11026498_948016725208966_1784327635_n

Esta foi a minha combinação: sorbet de limão, picolé de coco, manga embaixo e morango em cima

O picolé é retirado do palito e é misturado com o sorbet e um pouquinho de água de coco no copo do liquidificador. As atendentes dão uma leve batida, apenas para os sorvetes se misturarem, mas sem se desmanchar. A Fruttare Granita (R$10) é montada em um pote com uma das frutas na parte debaixo e outra por cima da mistura.

O que achei mais difícil foi misturar os sabores. Achei que faltou algo de chocolate no meu sorvete. Como a Kibon só quis privilegiar a marca Fruttare nesta ação, o Chicabon ficou de fora da brincadeira.

Serviço:
Fruttare
Rua Wisard, 244, Vila Madalena
Seg. a dom., das 10h às 22h

Share Button