Share Button

A edição de hoje do Curiocidade no caderno Divirta-se falou sobre o trabalho da fotógrafa Andrea Laybauer, de 28 anos, especialista em registrar gotas d’água com o reflexo de quem está no fundo. Andrea tem 420 fotos no total e já expôs esse trabalho no Shopping Cidade Jardim, em São Paulo, e também no Moinhos Shopping, em Porto Alegre. Hoje ela encerrou uma exposição no USP-IME (Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo). Mas a grande novidade é a confirmação da primeira mostra de Andrea numa galeria de arte: 13 fotos estarão em ‘Pingos e Respingos’ , de 20 a 27 de setembro, na Galeria Romero Britto. O Blog do Curiocidade conversou com a fotógrafa sobre o trabalho:

aldiney

Foto: Aldiney Nascimento/Divulgação

Como você se interessou por  gotas d’água? Tinha algum vazamento em casa?
Foi em abril de 2009. Eu estava buscando uma coisa nova. Vi a torneira pingando na minha casa e fiz uma série de fotos. Achei que ficou muito interessante. Além do formato da gota, consegui refletir o azulejo que estava no fundo.

Qual é o truque?
Gotejar do alto e fotografar enquanto as gotas estão caindo. São fotografias bem aproximadas em alta velocidade. Isso gera esculturas na água. A técnica se chama macrofotografia em alta velocidade.

andrea4

Foto: Andrea Laybauer/Divulgação

Quais são os fundos que funcionam melhor?
Eu já experimentei muita coisa. Faço fotos de pessoas, símbolos… Mas eu gosto muito de padrões, como listras ou xadrez.

O valor de sua conta de água aumentou por causa do trabalho?
Não, não. Uso apenas gotas e a água é sempre a mesma. Ela vai sendo reutilizada. Não gasto nem um copo de água por dia de trabalho.

andrea2

Foto: Andrea Laybauer/Divulgação

Serviço:
Exposição Pingos e Respingos – Andrea Laybauer
De 20 a 27 de setembro.
Galeria Romero Britto, R. Oscar Freire, 562, Jardins, 3062-7350.

(Com colaboração de Karina Trevizan)

Share Button