Share Button

Visitas monitoradas a estádios de futebol viraram atração turística em grandes cidades do mundo inteiro. Em São Paulo, não poderia ser diferente. O Allianz Parque, novo estádio do Palmeiras, investiu na ideia e oferece um concorrido tour desde sua inauguração, no final de 2014. Cerca de 60 mil visitantes já fizeram o passeio. “Começamos tímidos, mas pensamos em nos estruturar para oferecer uma atração ainda melhor”, afirma Simone de Sousa, gerente comercial de marketing do Allianz Parque.

Estádio

Visitantes têm acesso ao gramado do Allianz Parque e podem tirar fotos no banco de reservas

Gabriel Ferreira, assessor de imprensa do Allianz Parque, conta que a visita começa na entrada da Rua Palestra Itália (antiga Rua Turiassu), a mesma usada pela torcida alviverde em dias de jogo. Os visitantes são levados direto para o quinto andar, nas arquibancadas superiores, onde desfrutam de uma visão completa do campo. Passam pelo camarote e, em seguida, param na sala das coletivas de imprensa para uma foto com a réplica do troféu da Copa do Brasil de 2012. A parada seguinte é a “zona mista” – local em que os jogadores passam depois das partidas para conversar com os jornalistas. No vestiário, há a exibição de um vídeo com vitórias e conquistas do time da casa. O final da visita é a beirada do gramado, onde os visitantes podem se sentar no banco de reserva, andar em volta do campo e tirar uma foto com a réplica da Taça da Libertadores de 1999 – um dos títulos mais importantes da história do clube.

A entrada com celular é permitida. Fotos e vídeos estão liberados. Mas sair com as taças nas mãos, apenas se o visitante comprar as fotos feitas por fotógrafos oficiais da arena. Os palmeirenses representam 75% dos visitantes. “Recebemos muitos grupos fechados, que vêm de cidades do interior, e temos parceria com alguns hotéis da cidade”, conta Simone. Sócios do programa Avanti pagam 30 reais e os demais visitantes, 40 reais.

Em Santos, a 77 km da capital, o Memorial das Conquistas Milton Teixeira funciona desde 2003. Mas a visita monitorada só começou no ano seguinte. Além do museu, os visitantes conhecem o vestiário principal, a sala de imprensa e o gramado. Na alta temporada (de dezembro a fevereiro), a Vila Belmiro chega a receber 10 mil visitantes por mês. Há também muitas excursões de agências de turismo, grupos de escolas e projetos sociais. “O público aqui é variado”, garante Michelle Araújo, coordenadora do memorial. “Tem torcedor de todos os times. O Santos está no coração de muita gente, principalmente por causa de Pelé”. A visita monitorada custa 15 reais e, por exigências da Federação Paulista de Futebol, não são realizadas em dias de jogos.

SANTOS - SP - 24/04/2015 - ESTÁDIO URBANO CALDEIRA (VILA BELMIRO) - Fachada - Foto: Ricardo Saibun/DiarioSP

Visão do lado de fora do Estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro. (Foto: Ricardo Saibun/DiarioSP)

O Estádio do Morumbi oferece a visita guiada desde 2010 e recebe uma média de 2.000 visitantes por mês. O diferencial desse tour de 75 minutos é a visita à área de aquecimento dos jogadores e ao escudo do São Paulo, que fica ao lado do gramado. Tirar fotos e gravar vídeos é permitido durante todo o passeio, que custa 20 reais para os sócios-torcedores e 30 reais para os demais. O Memorial de Conquistas, incluindo a sala de troféus e uma imagem de Leônidas da Silva dando sua famosa bicicleta, é um dos pontos altos da visitação. “Nossa empresa começou a fazer ações para torcedores do São Paulo e tivemos uma parcela considerável de pessoas curiosas para conhecer as áreas onde os jogadores se aquecem e se vestem… Pensamos nos grandes clubes do mundo e decidimos iniciar o tour”, explica José Cândido de Oliveira Neto, gerente da agência Passaporte FC. José Cândido calcula que 80% dos visitantes são são-paulinos.

spfc

Escudo do São Paulo, na lateral do gramado, é parada obrigatória para foto durante o Tour no Morumbi

O Estádio do Pacaembu não tem visita guiada. Quem vai ao Museu do Futebol tem acesso a uma pequena área da arquibancada para fazer fotos. A Arena Corinthians, inaugurada para a Copa do Mundo de 2014, ainda não possui visitação monitorada, mas há planos que isso aconteça em breve. Por enquanto, o Corinthians tem um bonito memorial no Parque São Jorge, inaugurado em 2006. Pena que a visita não contemple uma passagem pelo Estádio Alfredo Schürig, apelidado de “A Fazendinha”, que recebeu jogos do Corinthians entre 1928 e 2002.

Serviço:

Allianz Parque
Rua Palestra Itália, s/n – Pompeia.
Tel.: 4800-6689

Horário de visitação:
Quarta a sexta: 10h, 11h30, 13h, 14h30 e 16h.
Sábados e domingos: 10h, 11h, 12h, 13h, 14h, 15h, 16h e 17h.
*Em dias de jogos e eventos, não há o tour.

Preços:
Público geral: R$ 40,00
Sócio Avanti: R$ 30,00
Meia-entrada: R$ 20,00
*Crianças de 0 a 2 anos não pagam

Memorial das Conquistas Milton Teixeira – Vila Belmiro
R. Princesa Isabel, s/nº – Vila Belmiro, Santos
Tel.: (13) 3257-4099

Horário de visitação:
Terça a domingo: 10h, 11h, 12h, 13h, 14h, 15h, 16h e 17h
*Em dias de jogos e eventos, não há o tour.

Preços:
Público geral: R$ 15,00
Meia-entrada: R$ 7,50
*Crianças de 0 a 6 anos não pagam

Memorial de Conquistas – Estádio do Morumbi
Praça Roberto Gomes Pedrosa, 1 – Morumbi.
Tel.: 3439-5222

Horário de visitação:
Terça a sexta: 10h, 12h, 14h e 15h30;
Sábado, domingo e feriado: 10h30, 11h30, 12h30, 13h30, 14h30 e 15h30
*Em dias de jogos durante a semana, o Morumbi Tour funciona normalmente. Se as partidas acontecem às 19h30 ou 20h30, as visitas das 14h e 15h30 são suspensas. Nos sábados e domingos com jogos, o tour não funciona.

Preços:
Público geral: R$ 30,00
Sócios-torcedores: R$ 20,00
Meia-entrada: R$ 15,00
*Crianças de 0 a 5 anos não pagam

Share Button