Share Button

Um novo semáforo – exclusivo para ônibus – foi instalado na Avenida Dr. Arnaldo com a rua Major Natanael, quase em frente ao Hospital Emílio Ribas. O semáforo irá facilitar a vida dos ônibus que vêm na faixa exclusiva, do lado direito da via, e precisam abruptamente fazer uma conversão em X para cruzar duas faixas rolamento e entrar na pista do outro lado da avenida, em cima do Viaduto Okuhara Koei. É ali que começa a faixa exclusiva da Rua da Consolação.

Como funciona esse semáforo? A assessoria de imprensa da CET explica: Quando o semáforo da Dr. Arnaldo estiver fechado para o fluxo de veículos junto a Major Natanael, a presença de ônibus na faixa exclusiva (que receberam laços detectores) acionará o estágio vermelho para os veículos, permanecendo o estágio verde para os ônibus. Com a faixa livre à frente, a manobra de transposição dar-se-á sem conflito lateral, de maneira segura e confortável. Em resumo: o semáforo retém por mais tempo os carros e dá chance de o motorista do coletivo fazer a mudança de pista.

010010101

O novo semáforo, próximo ao Hospital Emílio Ribas, libera os ônibus antes dos outros veículos, facilitando a conversão para a faixa da esquerda

Não é o primeiro semáforo desse tipo instalado em São Paulo. O pioneiro fica no cruzamento das ruas Clélia e Tibério,  na Lapa. Foi inaugurado com a presença do prefeito Fernando Haddad no dia 1º de abril de 2014. O sistema criado na Inglaterra é conhecido como Queue Jump (Pula-Fila). No caso da Lapa, os coletivos recebem sinal verde 12 segundos antes do que o resto do tráfego.

“Como é muito novo, sinto que os motoristas ainda estão confusos”, afirma a comerciante Ágata Cristina Domingos, 31 anos, que trabalha na Doutor Arnaldo desde 2013. “É preciso se informar melhor para entender a sinalização”.

Share Button