Share Button

Lembro na infância do cheiro de biscoito que tomava conta de um quarteirão do bairro da Vila Romana. Era a fábrica da Petybon, que pertencia às Indústrias Reunidas Matarazzo. A fábrica tinha uma loja, que vivia com fila na porta. Muita gente ia atrás dos biscoitos com defeito ou quebrados, que eram vendidos por uma ninharia. A Petybon fechou as portas, mas ainda sinto o cheiro dos biscoitos toda vez que passo na Rua Aurélia, esquina com as ruas Coriolano e Fábia.

Fiz essa viagem no tempo quando minha mãe me contou que a Casa Suíça tem uma espécie de “outlet” de bolos e doces em suas lojas. São produtos queimados, ligeiramente danificados ou incompletos que são vendidos a preço bem inferior.

Casa Suíça vende produtos danificados com desconto

Para baratear ainda mais os produtos, as embalagens coloridas (no caso dos produtos infantis até com personagens) dão lugar a sacos plásticos transparentes ou de alumínio. Um bolinho de baunilha de 40 gramas, por exemplo, custa R$ 1,80. A versão danificada sai por R$ 1. Já um panetone de 400 gramas que em geral custaria R$ 17 sai na versão danificada (e um pouquinho maior, com 450 gramas) por 9 reais. Um supermercado muito próximo à loja de Pinheiros vende um bolo de 370 gramas da marca a R$ 14. A versão com defeito pode sair a R$ 4.

Os produtos ocupam uma das prateleiras da loja – curiosamente é a dos fundos, ou seja, a primeira que se avista ao entrar no local. Ali estão as placas que avisam aos clientes que os produtos são danificados. Os rótulos trazem a seguinte mensagem: “Produto fora de padrão: o produto poderá estar amassado, quebrado e/ou ter diferenças na cor (mais escuro ou mais claro) e/ ou falha, ausência ou excesso de recheio, calda ou cobertura e/ou outros defeitos que não inviabilizam o seu consumo”.

Aviso impresso na embalagem não especifica qual o defeito do produto

Segundo a operadora de caixa Marilene Faria, os produtos já chegam da fábrica, em Jandira, na Grande São Paulo, destinados a essa finalidade: “São defeitos pequenos. O produto ainda está bom. Para não jogar fora mandam para cá”, explica. Os rótulos não são específicos a ponto de dizerem qual falha acometeu o produto em questão. Só olhando ou pedindo ajuda para algum funcionário para saber. Do que eu provei, peguei um bolo com pouquíssimo recheio e um outro bem queimado.

Minha mãe comprou na loja da Casa Suíça na Rua Simão Álvares, 370, quase esquina com a Teodoro Sampaio, em Pinheiros. As outras lojas próprias também têm sua prateleira de bolos com defeito – no Tatuapé, em Osasco, em Itapevi e em Jandira (na loja de fábrica).

Share Button