Share Button

Vandalizado no início do mês de setembro, o busto de John Mackenzie (1818-1892), grande responsável pelos primeiros passos do que viria a ser a Universidade Mackenzie, foi reinaugurado no último dia 15 de janeiro. Ele está na Rua Sergipe, praticamente na esquina com a Rua da Consolação, em Higienópolis. O ataque foi noticiado aqui no “São Paulo para Curiosos” e, de acordo com um vigia que trabalha na unidade dos cursinhos Anglo, praticamente em frente à praça onde está o busto, foi realizado por um grupo grande de pessoas.

Busto fora violado há quatro meses

O processo foi comandado por Denise Barros, autora da obra, que havia sido inaugurada em 2008. Como os vândalos destruíram completamente a homenagem, Denise teve que recomeçar praticamente do zero: “Não foi possível restaurar o antigo busto”. Depois da modelagem em argila, ela confeccionou as formas em silicone e o material foi fundido em resina preta. Na parte artística não houve mudança, apenas na parte estrutural do busto”, explica o engenheiro Ricardo Poli de Cunha Lima, da coordenadoria de obras e manutenção do Mackenzie. A versão original do busto era feita em granito e cimento.

Busto da Rua Sergipe atacado por um grande grupo de pessoas, segundo uma testemunha: sua restauração foi descartada e trabalho começou do zero

De acordo com o engenheiro, o Mackenzie estuda junto da Prefeitura a instalação de câmeras de segurança que inibam novos ataques. John Mackenzie morava na Europa quando soube da existência de uma Escola Americana no Brasil e das intenções de que essa escola abrigasse também um curso superior de Engenharia. Em seu testamento, ele destinou 50 mil dólares para o projeto, sendo assim homenageado com o batismo da instituição.

Share Button