Share Button

Rosas, orquídeas, violetas… Pode pedir, e sua festa terá todas elas. Não, não é uma empresa de arranjos florais. É que os bolos da The King Cake são decorados com flores confeitadas tão detalhadas que parecem reais.

Tanto perfeccionismo vem de Nelson Pantano, criador da marca. Ele descobriu o amor pela confeitaria aos 11 anos. “Fazia cursos, mas não tinha objetivos profissionais na área”, conta. Pantano chegou a terminar uma graduação em Publicidade e Propaganda, mas não seguiu a carreira. Ao fim do curso, decidiu investir nas habilidades de confeiteiro. “Ao longo da história, sempre fizeram flores de açúcar na confeitaria”, afirma. Mas as flores que tradicionalmente decoram bolos são rudimentares, de acordo com o especialista. A técnica utilizada por ele surgiu na Inglaterra na década de 1970. As flores são feitas de uma massa totalmente comestível, composta por gelatina, gordura vegetal, clara de ovo e açúcar. Esculpi-las é muito trabalhoso. “Geralmente, temos que elaborar várias flores diferentes para cada bolo”, diz. “Às vezes, dá mais trabalho criar as flores do que fazer o resto da encomenda.”

Até hoje, Pantano já desenvolveu cópias em açúcar de 170 tipos de flores. De todas, sua favorita é a peônia, que é pouco comum no Brasil. Se o cliente pedir alguma espécie ainda não feita, ele desenvolve uma réplica. As combinações de flores montadas sobre os bolos da The King Cake são inspiradas em livros de floristas, mas não dá para imitar todos os arranjos. “Flores de açúcar são muito delicadas”, afirma o confeiteiro. “Se as juntarmos de maneira inadequada, as pétalas podem quebrar.” De longe, a mais pedida é a rosa – de acordo com Pantano, dificilmente um arranjo não exige a popular flor.

“Tem gente que pensa que a flor é real e só acredita que ela é de açúcar após morder uma pétala”, diz Pantano. Mesmo assim, o confeiteiro não recomenda o consumo das plantas de mentirinha, já que elas não têm um sabor tão marcante. “São apenas doces, por isto é bem melhor comer o bolo.”

Serviço:
2894-4078

(Com colaboração de Míriam Castro e foto de divulgação)

Share Button