Share Button

Um bolo com brigadeiros dourados foi criado para celebrar os 50 anos da marca Brunella. A doceria foi inaugurada em 22 de setembro de 1967 pelo imigrante italiano Mattia Filizolla, falecido em São Paulo aos 66 anos. Pouco se guardou da história de Filizzola, que foi homenageado com o nome de uma rua no bairro Real Parque, na zona Sul. Depois da morte de Filizzola, a empresa já trocou duas vezes de mãos. Pertence desde 2007 ao grupo IMC (International Meal Company), que é dona também das marcas Viena, Frango Assado e Wraps, e foi responsável pela vinda dos restaurantes Red Lobster, Olive Garden e Carl’s Jr. para o Brasil.

Bolo com brigadeiros dourados: “moreninha” em italiano

A primeira loja da Brunella funcionava na Alameda Gabriel Monteiro da Silva, nos Jardins. Os destaques dos primeiros anos foram os bolos Zabaione, Tirolesa e Floresta Negra, e as bombas de chocolate e mil-folhas. Frequentei muito a loja da Avenida Sumaré. A torta de morango era a minha preferida e minha mãe só pedia o sorvete de crocante. “Brunella” significa moreninha em italiano e foi a maneira que Filizzola encontrou para homenagear o chocolate. Por isso, o bolo de brigadeiros dourados foi escolhido pela empresa para comemorar seus 50 anos. O quilo custa R$ 110. A versão individual do bolo sai por R$ 14,50. A Brunella possui dois quiosques  em shoppings (Center Norte e Ibirapuera), dois pontos próprios no aeroporto de Cumbica, duas franquias em São Paulo e três na cidade de Santos.

Share Button