Share Button

Desde a tarde do último domingo, uma visão incomum chama a atenção de quem passa pela Avenida Engenheiro Caetano Álvares, no bairro da Casa Verde. À margem da via, na altura do número 3000, está uma alegoria de Carnaval pela metade. O objeto é parte de uma imagem de São Jorge, feita pela escola de samba Morro da Casa Verde e está lá para comemorar o aniversário de 50 anos da agremiação no próximo dia 6 de abril.

Por enquanto, a estátua só mostra um dragão e a parte inferior do cavalo do santo, que é padroeiro da escola de samba. A outra metade da escultura, que foi exibida no Grupo de Acesso do Carnaval deste ano, virá nos próximos dias. Quem trouxe a imagem para esse ponto da avenida foi a família de Laurinete Nazaré da Silva Campos, a “Dona Guga”, presidente da Morro da Casa Verde há 23 anos.

sao-jorge5

Laurinete diz que a escola não tem quadra para os ensaios, por isso o aniversário será comemorado na rua. “Vamos fazer uma grande festa para a comunidade no fim de abril”, conta.

A Subprefeitura da Casa Verde, responsável pela região, ainda não tinha sido informada da existência da alegoria em frente à sede da escola. Quando contatada pelo Blog do Curiocidade, a assessoria de imprensa do órgão anunciou que fiscais iriam verificar a situação, mas que qualquer objeto em via pública deve ter autorização da Prefeitura Municipal.

(Com colaboração de Míriam Castro)

Share Button