Share Button

Para onde vão os paulistanos que não viajaram no feriadão? Muitos costumam lotar parques e praças da cidade. Praticando esportes ou apenas passeando, os visitantes são freqüentes em dias ensolarados. Porém, a previsão do tempo para amanhã é de chuva a qualquer hora. Desse jeito não dá para contar com o roteiro tradicional. Por isso, a sugestão de um programa cultural diferente é visitar as bibliotecas que ficarão abertas durante o dia da Proclamação da República:

Centro Cultural de São Paulo

centro_cultural1

O escritor Sérgio Milliet foi diretor da Biblioteca Mário de Andrade, maior de São Paulo. Seu nome foi dado à segunda maior biblioteca pública da cidade, no Centro Cultural de São Paulo – e também a única aberta aos domingos e feriados, a partir das 10h (exceto Carnaval e Páscoa).

Além do acervo de cerca de 110 mil exemplares da Sérgio Milliet, o Centro Cultural tem outras três bibliotecas: Louis Braille (6.159 itens dedicados a deficientes visuais, entre livros em braille e audiolivros), Alfredo Volpi (dedicada às artes visuais, tem 11 mil catálogos de exposições) e a Gibiteca Henfil (fanzines, quadrinhos, livros de RPG em cerca de 119 mil exemplares). Há também a Discoteca Oneyda Alvarenga (acervo que contém música erudita e popular em livros, partituras, discos e CDs).

R. Vergueiro, 1000, Paraíso, 3397-4002

Galeria Olido
O Ponto de Leitura da Galeria Olido é o sexto local do tipo a ser inaugurado na cidade, com aproximadamente 3 mil itens. O acervo é especializado em artes e tem livros e revistas à disposição. Qualquer pessoa pode fazer empréstimos de exemplares. Basta levar o RG e um comprovante de residência, das 13 às 19h.

Av. São João, 473, Centro, 3331-8399

Parque da Água Branca
Inaugurada no Parque da Água Branca em 2008 como comemoração do Dia Internacional do Idoso, a Sala de Leitura Léia Beigler tem 1.500 títulos. A família da professora da rede municipal de ensino doou sua coleção de livros a bibliotecas carentes da cidade.

Av. Francisco Matarazzo, 455, Água Branca, 3865-4130

Ônibus-biblioteca
A cada dia da semana, nove bibliotecas itinerantes viajam de ônibus a uma nova parte da cidade. Carregam acervo com livros, gibis e periódicos que pode ser acessado das 10h às 16h. Amanhã, o roteiro é o seguinte:

Zona Norte – Jaraguá (Praça Divino Pai Eterno), Jaçanã (Praça João Batista Vasques) e Parque Novo Mundo (R. Lídice com R. Eureka).

Zona Sul – Jardim Ângela (Estrada do M’Boi Mirim, 4.250), Jardim Vaz de Lima (R. Emérico Lobo de Mesquita) e Cidade Dutra (R. Marciano Silva)

Zona Leste – Jardim Iguatemi (R. Barros Penteado, 40), Cangaíba (Av. Alfredo Ribeiro Castro) e Jardim Elba (R. Custódio de Sá e Faria).

(Com colaboração de Míriam Castro e foto de Evelson de Freitas/AE)

Share Button