Share Button

Primeiro foi a japonesa Daiso, que chegou a São Paulo em 22 de dezembro de 2012. A cadeia japonesa já anuncia a abertura de suas 32ª e 33ª lojas, respectivamente no Shopping Pátio Paulista e no novo Jardim Pamplona Shopping, onde já funcionou um hipermercado Eldorado. Depois veio a também japonesa Miniso, inaugurada por aqui em 26 de agosto passado e que já está com quatro lojas na capital e uma em Jundiaí-SP, todas em shopping. No dia de inauguração, a primeira loja, no Shopping Ibirapuera, bateu o recorde mundial da marca: o maior número de produtos vendidos num único dia.

De olho nesse mercado, uma nova concorrente abriu as portas há 10 dias na Rua São Bento, no centro de São Paulo. A brasileira Allmini vende o mesmo tipo de tranqueirinhas importadas – canecas, almofadas, guarda-chuvas, porta-retratos, capas para celular, artigos para pet. A loja é bem menor que a primeira Daiso, que fica a cerca de 200 metros dali, na Rua Direita. Mas chega com objetos que fazem uma linha mais cool, mais minimalista, como a Miniso, que vende como grande diferencial seu design. As duas têm layouts muito parecidos. Os clientes não irão encontrar na Allmini presentes mais inusitados, como o fatiador de bananas ou o modelador de algas marinhas, atuais ícones da Daiso. A Allmini também precisa tomar cuidado com as derrapadas nos preços. Um dos destaques da inauguração é o mini-liquidificador portátil, importado da China, que pode ser carregado por USB. Custa 150 reais – o dobro do preço cobrado no site das Lojas Americanas.
Serviço:
Tel.: 3101-2160
Horário: seg. a sex., 9h/18h; sáb., 9h/13h.
Share Button